Páginas

segunda-feira, 6 de maio de 2013

14 semanas de gravidez e muitas enxaquecas - o meu testemunho.

A todos os que me acompanham, 1000 desculpas por mais de 2 meses de ausência.
 
Estou feliz porque estou à espera de bebé mas em baixa forma porque mais uma vez, da 1ª gravidez aconteceu o mesmo, sofro quase todo o dia de enxaquecas.
Antes de começar a falar de tendências, looks e imagem, queria deixar aqui o meu testemunho. Da outra vez fui apanhada de surpresa e fez-me muita falta saber de alguém que tivesse passado pelo mesmo (ou sequer parecido). Esta é a minha ajuda para as grávidas (ou futuras) que venham a sofrer do mesmo...espero sinceramente que não aconteça :P
 
O que acontece é que mal os níveis hormonais, essenciais para uma gravidez, começam a subir, as enxaquecas instalam-se desde o pescoço aos olhos, e quando são mais forte até dói nas bochechas. Ao mesmo tempo, começa uma sensibilidade fora do normal à luz, aos computadores (pois é, não sei quantas vezes vou conseguir aparecer por aqui), à televisão, etc, e há dias que só mesmo às escuras em casa é que estamos bem.
 
Durante a 1ª gravidez, preocupada, procurei um neurologista, "otorrino", oftalmologista e nada. Tudo óptimo...à excepção das dores terríveis.
 
Não vale a pena desesperar. Ainda me lembro de estar a receber massagens no pescoço e na cabeça momentos antes de entrar para a sala de partos (uma enfermeira chefe querida, daquelas que só nos filmes antigos, fez-me esse miminho) mas nem assim passou. Quando voltei da sala de partos...milagre, acabaram as dores de vez.
 
 
Claro que foi preciso tomar coragem para pensar noutra gravidez, mas, quem já é mãe, sabe que vale a pena o esforço e, nos dias piores, só penso na alegria de ter mais um bebé meu (nosso) nos braços.
 
Espero que tenha ajudado "alguém" e agora, aqui fica uma foto de 13 semanas e alguns dias tirada à pressa (as calças/saia azuis com elástico na barriga são PV 2013 e o top é do ano passado, tudo ZARA).

1 comentário: